Apresentação da Tariqa Madaniya (Tunísia)

Por Jamal al-Murb Gnosiya

sexta-feira 18 de Setembro de 2009

Todas as versões deste artigo : [Español] [Português]


A tariqa Madaniya é ligada com a tradição profética através de uma cadeia de transmissão de catorze séculos, passando por Junaid (da escola de Bagdá), Ibn Masarra e a escola de Almeria (Espanha), Abu Madyan (Espanha/Marrocos), Ibn Mashish e Abu al-Shadhili (que recebeu esse nome na Tunísia, onde fundou a tariqa Shadhiliya). Por meio dos discípulos de al-Shadhili (al-Mursi, al-Iskandari), esta linhagem (silsila) se difundiu pelo norte da África. No início do séc. XIX, a tradição Shadhiliya foi revigorada e renovada pelo sheik al-Darqawi (no Marrocos) e por seus discípulos, entre os quais sheik Muhammad al-Buzidi – que foi o fluxo para Ahmed ibn Ajiba (Marrocos) e para Ahmed al-Alawi (na Argélia).

Em 1909, a tradição Shadhiliya-Darqawiya foi estabelecida na Tunísia por Sidi Mohammad al-Madani (1888-1959), que recebera uma robusta educação na mesquita-universidade de Zaytouna (Tunis) e que fora discípulo de M. al-Sadiq al-Sahrawi, o moqadam de Zafir Madani ( -1905) na Tunísia. Sheikh Zafir era filho do sheikh Hasan Hamsa al-Madani, um dos importantes discípulos de Darqawi. Sidi M. al-Madani também conviveu com al-Alawi na Argélia (Mostaganem) por 3 anos, recebendo um intenso treinamento. Ao retornar para a Tunísia dedicou-se aos continuadores de sua tariqa por aproximadamente 50 anos, em Ksibet. Deixou 15 trabalhos (livros e comentários) tratando das ciências religiosas, espiritualidade islâmica e do autêntico sufismo.

Desde 1959, a tariqa Madaniya continua com a direção de seu sucessor, Sidi Mohammed al-Maunawar al-Madani, que devotou sua vida para difundir o sufismo verdadeiro em todas as direções. Devido a seus valorosos ensinamentos, seu consistente conhecimento da sharia e dos fundamentos do sufismo e por seu grande amor pelo Profeta (possa a paz estar sobre ele), a tariqa continua a brilhar no norte da África, na França e está se difundindo por outras regiões.

Assim, o sufismo da tariqa Madaniya (com sua base na Tunísia) está ligado à tradição Alawiya (al-Alawi), Madaniya (al-Sahrawi e Zafir Madani), à renovação de Darqawi e à tradição do sufismo que tem seus fundamentos nos ensinamentos e práticas de al-Shadhili e seus discípulos, que retorna, através de al-Mashishi, ao sufismo da Espanha por meio de Abu Madyan, Ibn Arabi até Ibn Masarra. Ibn Masarra, que foi discípulo de al-Naharayuri (discípulo de Junaid), constitui o primeiro núcleo sufi na Espanha. Desse modo, a tradição Shadhiliya tem sua origem no sufismo clássico e na silsila proveniente diretamente dos sucessores espirituais do Profeta (que a paz esteja com ele). E é o sufismo Shadhiliya-Darqawiya e as instruções de al-Sahrawi e al-Alawi que fornecem os fundamentos para a tariqa Madaniya.

الإحتفال بالمولد النبوي La fête d'al-Mawled




Enviar uma mensagem

Facebook